Pular para o conteúdo principal

Reajuste autorizado para preços de medicamentos vai prejudicar empresas

Por - Paula Laboissière
Agência Brasil

  Brasília – O Sindicato das Indústrias Farmacêuticas do Estado de São Paulo (Sindusfarma) questionou hoje (4) o reajuste de até 6,31% autorizado para medicamentos vendidos em todo o país. Em nota, a entidade diz que o governo  aplicou “um discutível cálculo de produtividade, que reduz o índice de reajuste e prejudica muitas empresas, ao impedi-las de repor o aumento de custos de produção do período”.

  Segundo nota do Sindusfarma, desde 2011, a indústria farmacêutica enfrenta pressões de custo, sobretudo com pessoal, insumos e matérias-primas importadas, cujas cotações internacionais subiram no ano passado e ficaram mais elevadas por causa da desvalorização do real. “Até agora, o setor absorveu esse impacto mas, em contrapartida, experimentou queda de rentabilidade”, ressalta o sindicato.

No comunicado, a entidade destaca que, se todas as apresentações de medicamentos forem reajustadas pelos índices máximos autorizados, o aumento médio ponderado chegará a 4,59% e a variação de preços dos medicamentos ficará abaixo da inflação geral. Em 2012, segundo o Sindusfarma, os medicamentos subiram 4,11% em média, enquanto a inflação geral foi de 5,84%.

“É sempre importante esclarecer que o reajuste atualiza a tabela de Preços Máximos ao Consumidor [PMC] e não gera aumentos automáticos nem imediatos nas farmácias e drogarias. Em regra, há um período de ajuste, que dura de dois a três meses. As primeiras variações de preço registram-se em junho ou julho, quando começam as reposições de estoques, já que o varejo costuma antecipar compras antes da entrada em vigor do reajuste.”

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DR. LINCON PROFISSIONAL DE ALTA RELEVÂNCIA PARA ITABUNA

Vinte Médicos fazem Cirurgias de Cabeça e Pescoço na  Bahia. Em Itabuna apenas, dois Profissionais São Especialistas na Área. (foto) Pouco  mais de20 profissionais especialistas em cirurgia de cabeça e pescoço em toda Bahia, Dois apenas estão em Itabuna. Um deles é Dr. Lincolon Warley, 43 anos, graduado em medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, em 1992, com especialização em Cirurgia de Cabeça e Pescoço na Universidade Mário Pena, TAMBÉM EM Minas Gerais. Um cirurgião de cabeça e pescoço executa  as cirurgias para retirar tumores malignos e benignos desde a pele até a área mais profunda dessas localidades, excetuando-se apenas o sistema nervoso central  que é da orçada do neurocirurgião, e as doenças infecciosas que tem como  responsável o otorrinolaringologista. Cientificamente a garganta  é chamada de via aérea  digestiva. Embora uma área pequena apresenta problemas, principalmente para as pessoas fumantes e que ingerem álcool. Um dos sintomas mais comuns na garganta, é a ro…

Itabuna: Shopping Popular sem estrutura (Elefante branco de Vane), começa a ser demolido

O projeto do Shopping Popular no centro de Itabuna, iniciado no Governo Vane do Renascer (imediações da Praça José Bastos), começou a ser demolido ontem (25), prosseguindo os trabalhos da retirada dos escombros nesta quarta-feira (26). A finalização pode durar até 3 dias e o trânsito encontra-se interditado no local, liberado apenas para pedestres, dentro dos limites de segurança estabelecidos pelo Corpo de Bombeiros.    A construção do Shopping Popular começou em 2014 e o investimento inicial estava orçado em R$ 1,9 milhão, passando para R$ 2 milhões, acrescidos de outros custos. Na construção existiam 3 pavimentos, totalizando 150 boxes destinados aos camelôs, os quais ocupam atualmente o "Novo Shopping Popular", inaugurado no Governo Fernando Gomes, situado na Avenida Inácio Tosta Filho, cumprindo todas as normas técnicas de inspeção preventiva, delegadas pela Vigilância Sanitária e Corpo de Bombeiros.    O Shopping Popular abandonado servia atualmente de esconderijo para m…

Susto: Banco Santander de Ilhéus tem princípio de incêndio

Um princípio de incêndio atingiu a agência bancária Santander, na Rua Marquês de Paranaguá, no centro de Ilhéus, na madrugada deste sábado, 11. O fogo começou por volta das 04h20.
De acordo com informações de um cliente que presenciou o sinistro, o fogo começou no setor onde estão os caixas eletrônicos, provocando grande cortina de fumaça no interior da agência. Quando os bombeiros chegaram, ainda havia muita fumaça saindo do local. As chamas foram contidas e ninguém ficou ferido.
Fonte: Fábio Roberto Notícias.